Lombalgia : saiba como evitar este mal que atinge a maioria da população

0

Com o estudo dos movimentos corporais, verificamos que a coluna vertebral desempenha um papel muito importante devido à localização estratégica no centro do corpo. Toda nossa vitalidade e energia vêm do centro. A essa região – que compreende o abdômen, a pelve e a lombar – damos o nome de core. Hoje vamos falar um pouquinho sobre algo que incomoda uma grande parte da população: as desconfortáveis dores na lombar, que costumam aparecer por volta dos 35 anos de idade, sendo incomum abaixo dos 20 e acima dos 60.

Gasta-se, em média, 30 bilhões de dólares por ano com o tratamento da lombalgia (dor na região lombar), e pacientes com dores crônicas representam cerca de 80% desses gastos. Considerando o grande impacto socioeconômico que surge como consequência de tal patologia, faz-se necessário incentivar meios de prevenção, tais como exercícios de alongamento e correção postural, para que se obtenha uma melhor condição de vida.

Não há dúvidas de que o sedentarismo seja um dos grandes vilões causadores desses incômodos. Entretanto, engana-se quem acha que atletas estão livres dessa patologia. Considerando a população de atletas, a dor na lombar é bastante comum em levantadores de peso, ginastas, lutadores e ciclistas. Porém, não é muito frequente em nadadores, uma vez que na natação o impacto do exercício é diminuído pela água.

As principais causas de dor na lombar são: postura incorreta viciosa; aumento do peso corporal (tais como obesidade e gravidez); uso constante de saltos; desequilíbrios musculares; e, execução de exercícios de maneira incorreta (costuma-se exagerar na carga e/ou repetições, comprometendo uma boa postura na execução).

Como podemos ver, a lombalgia é um mal que aflige grande parte da população – e a prevenção é, indubitavelmente, o melhor caminho. Aqui vale a máxima de que “é melhor prevenir do que remediar”. Por esta razão, fortaleça sua musculatura (de maneira coerente e orientada, respeitando sua individualidade) para uma postura correta e uma vida com mais saúde e disposição!

Apresentamos uma série fácil e rápida para fortalecimento do core, sugeridos pelo professor Thiago Gonçalves, proprietário da Academia ECOLIVE. São exercícios que devem ser executados de forma isométrica (sem movimento, parado, estático):  comece executando a série com 30 segundos de permanência em cada exercício, com descanso de 30 segundos entre cada um. Aumente o tempo de permanência em cada exercício à medida que aumentar sua resistência, pois o importante nesse trabalho é o maior tempo de permanência, já que cada exercício será executado uma única vez. Exercite-se, persista e colha os benefícios!

IMG_6774

Prancha frontal

IMG_6777

Prancha lateral (execute para os dois lados)

IMG_6782

Ponte

DICA DO PROFESSOR: Para facilitar a execução em cada posição basta ficar com as pernas afastadas (aumentando a base de apoio – regressão); Para intensificar o exercício, junte as pernas (diminuindo a base de apoio e gerando uma maior instabilidade – progressão).

Compartilhar:

Deixe uma resposta